O arquipélago dos Açores é reconhecido pela beleza natural, a ilha das Flores não é excepção. Aventure-se por esta terra condicionada e muito influenciada pela origem vulcânica. O clima é agradável ao longo de todo o ano e as cores das paisagens, mistura de tons verdes, amarelos e azuis, garantem umas férias tranquilas e recordações únicas. Repleta de paisagens que são consideradas verdadeiros paraísos, esta ilha está integrada na rede de Reservas da Biosfera da Unesco e faz parte do Grupo Ocidental do arquipélago dos Açores.

Especialmente característica pela união da costa com o elemento da água, na ilha das Flores é impossível não se apaixonar pelas cascatas, ribeiras, lagos ou quedas de água: a beleza natural é de perder de vista! Ao longo dos cerca de 142 km2 de terra poderá usufruir de experiências inesquecíveis. Estipula-se que a descoberta desta ilha ocorreu por volta do ano 1452, inicialmente com o nome de Ilha de São Tomás (e de Santa Iria) porém, mais tarde, a mudança para ilha das Flores fez todo o sentido dada a abundância das mesmas, que decoravam as encostas e jardins.

Para além do contato com o mar e a sua grandeza, a ligação com a terra é igualmente relevante para a população da ilha das Flores desde sempre. O cultivo de cereais, em conjunto com a criação de ovelhas, representou durante anos o desenvolvimento e estabilidade económica da ilha. A concretização do projeto do aeroporto na ilha das Flores em 1972 e a construção de instalações portuárias mais modernas levaram a uma maior integração do Grupo Ocidental no Arquipélago dos Açores, porém o sector terciário continua a representar 60% da mão-de-obra, sendo que o turismo tem vindo a assumir crescente valorização.

AVENTURAS AO AR LIVRE

Comece a sua descoberta com um passeio de barco, onde poderá desfrutar de uma vista privilegiada e especial com estruturas rochosas e grutas de cortar a respiração. As nossas sugestões são apenas acessíveis deste modo: o Arco de Santa Cruz das Flores, localizado no concelho de Santa Cruz das Flores; a Gruta dos Enxaréus, uma cavidade vulcânica com cerca de 50 metros de profundidade; a Gruta do Galo ou o Ilhéu Maria Vaz.

Para os amantes de mergulho sugerimos que visitem a Baía de Alagoa: é constituída por vários ilhéus e garante descobertas incríveis. Poderá explorar também a Ponta da Caveira ou o Ilhéu do Garajau e usufruir de uma tarde cheia de aventuras. As Ribeiras dos Algares e do Monte Gordo são dois dos melhores lugares para a prática de canyoning, permitindo que conheça várias espécies de animais novas. A pesca é igualmente uma sugestão, para quem já é conhecedor ou para quem deseja aprender mais, ao longo das ribeiras ou diretamente no mar.

Ao visitar as Flores terá várias oportunidades de relaxar, especialmente nas piscinas naturais. Tanto na região de Santa Cruz como junto às praias próximas das Lajes das Flores estas piscinas com temperaturas quentes permitem que descontraia num cenário em contato com a Natureza.  Em Santa Cruz das Flores é possível visitar a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, que se destaca dos restantes edifícios pela fachada majestosa. Conheça ainda a igreja de São Boaventura, e o Museu Regional das Flores que agrega tanto o Museu Etnográfico como a Casa Museu Pimentel de Mesquita.

GASTRONOMIA

Apesar da frequente influência da pesca na gastronomia da ilha das Flores, nas épocas de tempo mais frio ou chuvoso as saídas para o mar são mais reduzidas. Neste sentido, a carne de porco acabou por se tornar também importante para garantir o alimento e sustento nessas alturas servida com batatas e couves a acompanhar. O queijo curado produzido especificamente na ilha, a linguiça com inhame e a sopa de agrião são algumas das sugestões para quem não é fã de peixe.

Se o seu caso é o oposto, prepare-se para se deliciar com o peixe e marisco frescos que a ilha tem para oferecer! Caldeirada de congro e albacora assada são duas dicas que não pode perder. Aproveite ao máximo a experiência gastronómica típica de um local marcado pelo mar envolvente.

 

Usufrua das suas férias ao máximo pelos destinos portugueses, com a Rickytravel!

 

 

Fontes: discoverportugal2day.com; visitazores.com; visitportugal.com

Agradecimento fotografia oficial do livro As mesas que ainda ninguém experimentou – 7 maravilhas à mesa