Sintra é a certeza de experienciar uma atmosfera mística, que ganha uma dimensão ainda mais dramática durante os meses de outono/inverno. Irá sentir-se como se fosse o protagonista de um filme. O cheiro e os sons da natureza, o ar mais puro, os recantos com história, as vistas cénicas, os bolos regionais com receitas guardadas há séculos, o sossego, dão a sensação de entrar num enredo idílico ao ver-se rodeado pelo castelo e os palácios.

Podemos assegurar que quem visita Sintra, não fica indiferente. Se ainda precisa de mais razões para visitar, deixamos-lhe o que não pode perder!

 

IMPERDÍVEL EM SINTRA:

    • ONDE FICAR?
    • Da realeza ao conforto conheça AQUI a nossa seleção de hotéis EM SINTRA!
    • O QUE VER?
    • Monumentos: Palácio Nacional da Vila, Quinta da Regaleira, Castelo dos Mouros, e Convento dos Capuchos, Palácio de Monserrate, Palácio Nacional de Queluz, Chalet e Jardins da Condessa d’Edla.
    • Museus: Sintra Mitos e Lendas, Centro de Ciência Viva, MU.SA – Museu de Artes, Museu de História Natural e News Museu
    • PERCURSOS ALTERNATIVOS 
    • Percursos Pedestres: Para os mais aventureiros Sintra possui uma vasta oferta de percursos pedestres, sendo uma excelente forma de conhecer o património do município.
    • Passeio de Elétrico: Viaje desde Sintra até à Praia das Maçãs num dos ex-libris da região que iniciou funções em 1904. São 45 min de percurso por entre a vegetação numa viagem emocionante que remonta a outros tempos.
    • ONDE IR?
    • Azenhas do Mar: pequena localidade costeira onde pode caminhar pelas arribas, apreciar a vista privilegiada para o oceano e saborear os pratos de peixe e marisco fresco nos restaurantes da zona, como também na época balnear nadar nas piscinas naturais.
    • Cabo da Roca: Quando se fala no Cabo da Roca, fala-se no ponto mais ocidental da Europa, “onde a Terra acaba e o mar começa”, como Luís de Camões escreveu no Canto III dos Lusíadas. Local ventoso mas extremamente apaixonante, vai encontrar uma ligação mais próxima à terra, à natureza e à história.
    • O QUE COMER?
    • Ir a Sintra é sinónimo de doçaria regional! Para os fãs de doces é mandatório proverem as  Queijadas de Sintra (pequenas tartes feitas a partir de queijo fresco, açúcar, farinha, ovos e canela, envoltas numa massa crocante e estaladiça) e os Travesseiros da Piriquita (delicada massa folhada com recheio de creme de ovo e amêndoa).

 

A visita a Sintra não poderia ficar completa sem a sua estadia! Conheça a nossa seleção dos melhores hotéis para uma experiência inesquecível na vila romântica:

 

Fontes: sintraromantica.net; relvateresa.blogspot.com